3 lições da série Stranger Things para a sua vida profissional
8 de setembro de 2019
A história de superação de Alexandre Costa, o dono da Cacau Show
22 de setembro de 2019

A série Chernobyl nos mostra o que não fazer no nosso negócio

Chernobyl é uma série da HBO que conta a história verídica da explosão seguida de incêndio na Usina Nuclear de Chernobyl, localizada na Ucrânia.

Ela aconteceu em 1986 e chegou a dizimar dezenas de pessoas na época.

Apesar das variações entre o que de fato aconteceu e o que é apresentado, o programa foi o mais bem avaliado de todos os tempos, garantindo a nota 9,6 segundo o site do IMDB baseado na opinião de 211 mil usuários.

E ele é uma boa pedida para quem gosta de um ótimo drama ou até para quem pretende conhecer melhor essa triste história que marcou o mundo.

Mas o interessante mesmo é transportá-lo para o mundo dos negócios e entender o quanto a falta de determinados cuidados pode simplesmente acabar com uma empresa.

Para saber mais sobre Chernobyl, faça a leitura desse texto e aproveite as informações!

Sobre Chernobyl

A série dramática Chernobyl se passa na Ucrânia em 1986 e conta a história verídica de uma explosão seguida de incêndio que aconteceu na Usina Nuclear de Chernobyl, tragédia que dizimou dezenas de pessoas na época.

Esse foi inclusive o maior desastre nuclear da história. 

No programa, enquanto o mundo lamenta o ocorrido, alguns especialistas tentam descobrir as causas do acidente.

Entre eles estão o cientista Valery Legasov (interpretado por Jared Harris, que também participou de The Terror e The Crown), a física Ulana Khomyuk (Emily Watson, que fez Everest e A Teoria de Tudo) e o vice-presidente do Conselho de Ministros Boris Shcherbina (Stellan Skarsgård, de Mamma Mia! Lá Vamos Nós de Novo e Cinderela).

Para você ter uma ideia da dimensão da catástrofe, o governo da União Soviética foi obrigado a evacuar às pressas 116 mil pessoas.

Além disso, ao detectar a radioatividade, um alarme internacional foi acionado em pelo menos 13 países da Europa Central e Oriental.

Para os trabalhos de descontaminação, contenção e mitigação, cerca de 600 mil pessoas tiveram que trabalhar nas regiões próximas do local do acidente.

Por fim, um raio de 30 quilômetros em torno da usina precisou ser isolado, situação que permanece em vigor até hoje.

Bom, mas vamos falar da trama da HBO?

Ela tem 5 episódios e começa com o cientista Legasov terminando de gravar fitas contando a verdade sobre o desastre dois anos mais tarde.

Mas o interessante é saber que essa tragédia não foi uma fatalidade, mas sim uma grande negligência de Anatoli Diátlov,o engenheiro chefe adjunto da usina e supervisor do experimento. 

Devido à sua responsabilidade no desastre, ele foi condenado a 10 anos de trabalhos forçados, mas cumpriu apenas quatro. 

Inspirado em Chernobyl, saiba o que não fazer no seu negócio

A série Chernobyl nos mostra claramente uma sequência de erros que não só culminaram na tragédia, mas afetaram diversas pessoas depois que ela aconteceu.

Veja como transportar isso para os negócios e entender o que você jamais deve fazer!

1 – Saiba quais são os riscos e evite-os ao máximo

Em 1986 o reator nuclear número 4 explodiu durante os testes de segurança, queimando o combustível de material radioativo por 10 dias.

Isso liberou nuvens tóxicas que atingiram e contaminaram cerca de três quartos do continente europeu.

Você acha que os responsáveis pela Usina Nuclear de Chernobyl poderiam correr algum risco, mesmo que pequeno, dessa explosão acontecer?

Jamais!

Obviamente, qualquer que seja o risco do seu negócioas consequências nunca serão tão catastróficas ao ponto de matar dezenas de pessoas.

Ainda assim é importante que tenha clareza desses riscos e saiba exatamente como evitar que eles ocorram.

Lembre-se de que pessoas dependem do seu discernimento e maturidade.

2 – Seja qual for o problema, resolva rapidamente

Devido à Guerra Fria a União Soviética não informou imediatamente a imprensa sobre o desastre.

Por isso as autoridades levaram mais de 24 horas para ordenar a evacuação dos 48 mil habitantes de Pripyat, cidade localizada a três quilômetros da usina.

A primeira declaração na mídia foi dada pelo governo da Suécia, que estava a mais de mil quilômetros de distância do local. O país alertou a imprensa ocidental sobre o aumento da radiação 48 horas depois do acidente.

O governo soviético chegou a contestar a publicação, que apontou níveis de radiação 90 vezes maiores do que no bombardeio de Hiroshima 41 anos antes. 

Na TV local, inclusive, foram reproduzidas imagens da usina em perfeito estado.

Só no dia 14 de maio o líder da União Soviética, Mikhail Gorbachev, foi a público falar sobre a tragédia.

Essa política de isolamento, porém, atrasou a resolução da situação e prejudicou muito mais pessoas. 

Depois desse fato o governo soviético instalou a Glasnost, sua política de democratização, liberdade e transparência com foco no relacionamento com a mídia e com o exterior.

Junto à Perestroika, a política de reestruturação econômica, a Glasnost abriu espaço para o fim da Guerra Fria e, por consequência, da União Soviética em 1991.

Por que eu contei toda essa história?

Só para dizer que você precisa resolver os problemas do seu negóciomesmo que isso te afete.

Talvez seja necessária uma demissão ou então a venda de uma parte da empresa.

É claro que qualquer uma dessas situações vai atingir funcionários ou sócios.

Mas a partir do momento que você decidiu ter um negócio é essencial que esteja pronto e maduropara lidar com adversidades, por mais turbulentas que elas sejam.

E isso deve mexer com o seu emocional e o de outras pessoas.

Porém, é importante que enfrente e resolva.

Dependendo do contexto, essa pode ser a única forma de dar outra chance à sua empresa.

Chernobyl tem muito a nossa mostrar sobre a importância de evitar riscos no nosso negócio (ou eliminá-los por completo) e agir de forma madura diante de problemas, enfrentando de frente as adversidades e resolvendo as situações rapidamente.

Presleyson Lima
Presleyson Lima
Ajudo empreendedores e intraempreendedores obterem resultados em seu negócio através da segurança da informação.

1 Comentário

  1. Mario disse:

    “Obviamente, qualquer que seja o risco do seu negócios consequências nunca serão tão catastróficas ao ponto de matar dezenas de pessoas.” Discordo desta fala no texto, veja o que aconteceu em Brumadinho. Parece que ocorreu a mesma falta conhecimento, negligência e imprudência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *