Como ele tornou-se um dos empreendedores de maior sucesso do país?
1 de setembro de 2019
A série Chernobyl nos mostra o que não fazer no nosso negócio
15 de setembro de 2019

3 lições da série Stranger Things para a sua vida profissional

Stranger Things é uma série do Netflix de ficção científica que se passa nos anos 80 e foi inspirada em importantes filmes da época, como Alien – O Oitavo Passageiro, E.T. : O Extraterrestre, Os Caça-Fantasmas, A Hora do Pesadelo, Mad Max e muito mais.

Protagonizada por pré-adolescentes, além de Winona Ryder e David Harbour, ela atraiu o público jovem daquela época, ou seja, os hoje adultos com trinta e poucos anos que têm trazido à tona alguns bons momentos de nostalgia ao assistir o programa.

Com uma trama cheia de mistério, forças sobrenaturais e muitos momentos de “disparo de coração”, a série dá um show de equilíbrio, trabalho em equipe e intelectualidade na hora de resolver os mais cabeludos problemas.

Para saber como Stranger Things pode nos inspirar na nossa vida profissional, faça a leitura desse artigo e aproveite!

Sobre Stranger Things

Stranger Things é uma série do Netflix americana de ficção científica criada, escrita e dirigida pelos irmãos Ross e Matt Duffer.

Ela se passa na década de 80 e é muito interessante por possuir diversos elementos culturais do período, como músicas, vestimentas e cortes de cabelos dos personagens.

Mas o legal mesmo foi o que inspirou os irmãos Duffer a criar o programa: as antigas obras de Steven Spielberg, John Carpenter e Stephen King, como Alien – O Oitavo Passageiro, Carrie – A Estranha, Contatos Imediatos do Terceiro Grau, Cujo, E.T. : O Extraterrestre, Os Caça-Fantasmas, Gremlins, A Hora do Pesadelo, It: A Coisa, Tubarão, Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros, Mad Max, Conta Comigo, O Exorcista, Os Goonies, etc.

É por isso que apesar de Stranger Things ser protagonizada por pré-adolescentes, ela acabou atraindo os jovens daquela época, que hoje já estão com os seus 30 e poucos anos.

E apesar de não ser tão “pesada” quanto O Exorcista, ela também não é uma mera aventura como Os Goonies. Então realmente não dá para crianças simplesmente ligarem o Netflix e começarem a assistir.

Mas qual é a trama, afinal?

A série se passa na cidade rural fictícia de Hawkins, em Indiana, nos Estados Unidos.

Lá, o Laboratório Nacional é conhecido por realizar diversas pesquisas científicas para o Departamento de Energia do país.

Porém, a instalação executa secretamente experimentos paranormais e sobrenaturais, envolvendo inclusive testes humanos, o que começa a afetar os moradores da pequena cidade.

Na primeira temporada, Will, um garoto de 12 anos, desaparece de uma hora para outra.

Enquanto a polícia, família e amigos procuram respostas, os seus companheiros de escola mergulham em um intrigante mistério que envolve o experimento secreto do governo, forças sobrenaturais e uma garotinha cheia de poderes chamada Eleven.

A série já está na terceira temporada e conta com alguns bem famosos no elenco, como Winona Ryder e David Harbour, e alguns novatos que talvez já estejam mais famosos que a própria Winona, como Millie Bobby Brown (Eleven), Finn Wolfhard (Mike), Gaten Matarazzo (Dustin), Noah Schnapp (Will), Caleb Mclaughlin (Lucas), Sadie Sink (Max, ou Mad Max, como é chamada) e muitos outros.

Quais são as lições de Stranger Things para a vida profissional?

Em Stranger Things os garotos pré-adolescentes estão envoltos em uma trama repleta de mistério e forças sobrenaturais.

Apesar de muito jovens, eles são corajosos e estão dispostos a enfrentar todas as adversidades para encontrar Will e resolver qualquer outro problema.

Veja como esses meninos podem ser uma inspiração para a nossa vida profissional:

1 – Equilíbrio

Todos os personagens da série são gente como a gente e possuem medos, inseguranças e preocupações, sejam eles crianças ou adultos (não são só as crianças que buscam solucionar os problemas, mas também os adultos).

Apesar disso, ninguém jamais desiste e todos eles, sem exceção, procuram um ponto de equilíbrio na hora de enfrentar as adversidades.

Na nossa vida profissional o medo, as preocupações e os anseios são sensações quase que diárias.

Mas isso não significa que temos que recuar, certo?

Depois de passada a turbulência, temos a chance de aprender com as dificuldades e seguir mais maduros em um novo caminho.

2 – Trabalho em equipe

Nem preciso mencionar o trabalho em equipe quando falo de Stranger Things.

Em todas as temporadas os personagens começam divididos em grupos menores na busca de solucionar o problema e depois se unem para combater juntos o inimigo, por mais desavenças que tenham uns com os outros.

E como isso faz diferença para o sucesso da operação!

Pois é, trabalho em equipe é meio clichê mesmo, mas acontece que quase ninguém consegue atingir essa difícil habilidade, não é?

E às vezes as pessoas nem se dão conta disso e realmente acreditam que ele flui perfeitamente bem.

Mas para que o trabalho em equipe de fato ocorra é preciso que todas as pessoas tenham o mesmo propósito e estejam 100% alinhadas com os objetivos da empresa.

Depois é necessário maturidade para deixar de lado as diferenças e assim seguir com o intuito de atingir as metas, sempre unidos, já que o trabalho de um depende do outro.

3 – Intelectualidade

Todos os personagens pesquisam, analisam, investigam e colocam em prática o que aprenderam.

Assim os seus planos possuem uma margem de erro bastante pequena e o sucesso é sempre obtido.

Na nossa vida profissional o estudo, pesquisa, análise das situações e busca por soluções rápidas e inteligentes jamais devem ficar de lado.

É a pré-disposição em resolver, inovar e melhorar que faz com que as metas e objetivos sejam atingidos, além de deixar a concorrência lá para trás.

Stranger Things é um dos grandes sucessos do Netflix e tem muito a nos inspirar na nossa vida profissional!

Presleyson Lima
Presleyson Lima
Ajudo empreendedores e intraempreendedores obterem resultados em seu negócio através da segurança da informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *