Deep Learning
Deep Learning vai facilitar ainda mais a nossa vida
13 de janeiro de 2019
Altered Carbon
Altered Carbon: A série que mistura realidade virtual, IA e big data
27 de janeiro de 2019

Chef’s Table é muito mais do que uma série sobre culinária

Chef's Table

Read this article in English

Não, Chef’s Table definitivamente não é uma mera série sobre culinária.

Além dos pratos de dar água na boca, ela mostra também as histórias por trás da rotina de grandes chefes de cozinha.

Você vai conhecer o percurso que fizeram até alcançarem o incrível patamar de estarem entre os melhores do mundo e tudo isso a partir de uma verdadeira aula de foco, persistência e muita paixão.

Achou interessante?

Então leia esse artigo e fique por dentro das grandes lições sobre empreendedorismopresentes em Chef’s Table.

Sobre Chef’s Table

Chef’s Table é uma série documental do Netflix voltada à gastronomia que está bombando em audiência.

A cada episódio, ela mostra a acelerada rotina de grandes chefes de todo o mundo, além de uma culinária pra lá de exótica.

Você vai ter a chance não só de saber quem são eles e onde vivem, mas também os seus desafios em transformar ingredientes comuns em pratos diferenciados e saborosos.

A maioria, inclusive, sai completamente do tradicional, ao ponto de fazer com que meras receitas tradicionais virem opções pra lá de inusitadas.

E você come com os olhos, literalmente.

Dirigida por David Gelb, o mesmo de “Jiro: Os Sushis dos Sonhos de Jiro”, outro documentário voltado à gastronomia, a série conta o dia a dia de chefes como Massimo Bottura, da Itália, Niki Nakayama, de Los Angeles, Francis Mallmann, da Argentina, Ben Shewry, da Austrália e muitos outros.

Quer saber se algum brasileiro já participou?

Sim, o consagrado Alex Atala!

Foram 20 dias sendo acompanhado pela produção do programa em seu restaurante D.O.M., em São Paulo.

A equipe também foi com ele nas visitas ao Vale do Paraíba e ao Amazonas, junto à tribo indígena Baniwa.

Aliás, é de lá que saem os seus ingredientes mais excêntricos, pode acreditar!

Mas não pense que a série gira só em torno da culinária.

Ela também mostra muito da vida pessoal dos cozinheiros, que, inclusive, chegam a fazer as declarações mais difíceis de imaginar.

Alex Atala, por exemplo, mencionou o uso de drogas nos tempos do punk e fez questão de comentar como a sua vida mudou completamente quando começou a cozinhar para garantir um visto de permanência na Europa.

E é aí que Chef’s Table começa a ficar interessante para nós, empreendedores!

O que Chef’s Table tem a ver com o empreendedorismo?

Chef’s Table tem tudo a ver com empreendedorismo.

Bom, é claro que a série facilita muito a vida de quem pretende montar um restaurante.

Só que ela conta com doses bem altas de paixão e gestão, pontos essenciais para qualquer empreendedor.

Ficou interessado em saber o que ela ensina?

Então aí vai!

Prolinx

1 – Importância da formação

Não estou falando daquela formação tradicional, na faculdade.

É claro que ela é importante, mas me refiro mais a qualquer estudo que envolva o conhecimento técnico sobre o seu produto ou serviço, negócios, vendas e muito mais.

No caso de Chef’s Table, todos os profissionais foram para escolas de culinária e passaram por alguns restaurantes antes de empreender.

Elas talvez não tenham sido as grandes responsáveis pelos seus sucessos, mas certamente garantiram o conhecimento sobre algumas técnicas essenciais.

Depois disso, cada um encontrou a sua maneira de cozinhar e de tornar os pratos diferenciados e ainda mais saborosos.

Com você também é assim?

Com certeza!

É preciso ter conhecimento sobre o seu produto, negócios, vendas, prospecção, fidelização e muito mais.

Tudo isso vai fazer com que se planeje melhor e conduza a sua empresa com competência e maestria

2 – Entendimento sobre o que você faz de melhor

Podemos ser bons em muita coisa, mas com certeza tem algo que fazemos de melhor.

É isso que vai te diferenciar do seu concorrente e fazer com que o cliente potencial se identifique com o produto ou serviço que oferece.

Na série Chef’s Table, cada participante é especialista em alguma coisa.

Um tem um toque mais apimentado, o outro mais suave, alguns são expert em massas, outros em carnes.

E os clientes com certeza se identificam mais com um prato do que com outro.

É isso que você precisa fazer com a sua habilidade: Levá-la ao seu público e mostrar que realmente tem a melhor solução.

3 – Planejamento e persistência

Como um chefe de cozinha é persistente, dá gosto de ver.

Sair do tradicional, superar desafios, tentar, falhar, tentar de novo e ir além das expectativas de outros grandes chefes renomados é algo que faz parte das suas rotinas.

Lidar com as adversidades, com as críticas, com a cozinha cheia e com os clientes famintos aguardando os seus pratos são outras particularidades da profissão.

E a situação fica ainda mais complicada quando atingem determinado patamar e os seus restaurantes começam a ter filas na porta.

Nossa, parece uma loucura.

Acha que isso não faz parte da vida dos demais empreendedores?

Claro que faz!

Quanto melhor você é, mais procurado será e mais clientes vão bater à sua porta.

Você vai precisar se planejar muito bem para esse momento.

Mas antes disso, é necessária persistência para que o seu negócio efetivamente cresça e alcance esse patamar.

Gostou de saber mais sobre Chef’s Table?

Assista essa série. Ela tem muito a nos inspirar!

Leia também os artigos abaixo

Presleyson Lima
Presleyson Lima
Ajudo empreendedores e intraempreendedores obterem resultados em seu negócio através da segurança da informação.

2 Comentários

  1. A série é excepcional. Muito além de culinária, gastronomia e alimentação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *