Narcos: Baseada na história de Pablo Escobar pode nos inspirar?
23 de março de 2019
Girlboss, uma comédia capaz de inspirar diversos jovens empreendedores
Uma comédia capaz de inspirar diversos jovens empreendedores
6 de abril de 2019

Conheça o CEO eleito como o melhor dos Estados Unidos em 2018

Satya Nadella

Satya Nadella é o atual e talvez o mais popular presidente da Microsoft.

Isso porque ele tem atuado em uma importante mudança de cultura, considerando a trágica perda de espaço para as inovadoras Facebook, Apple e Google.

Novas tecnologias e uma maneira diferente de trabalhar com a equipe são as grandes sacadas desse engenheiro indiano que já levou a empresa a patamares muito mais altos desde que assumiu o posto em 2014.

E essa história será contada hoje, nesse artigo especial sobre alguém que inspira a todos nós.

Conheça agora Satya Nadella e a sua diferenciada atuação na Microsoft!

Quem é Satya Nadella?

Satya Nadella é um engenheiro indiano que simplesmente se tornou o presidente executivo da Microsoft em 2014.

Ele é o terceiro a ocupar o cargo que já foi de Bill Gates e Steve Ballmer.

Analistas chegaram a apontá-lo como o favorito de uma disputa acirrada com nomes como Alan Mulally, presidente da Ford, e Stephen Elop, ex-CEO da Nokia.

A intenção da empresa, na época, era sair de uma gigante de software para uma empresa de serviços e dispositivos.

E esse foi o desafio de Nadella!

Mas antes de entrarmos nesse mérito, vamos conhecer um pouco mais da sua trajetória profissional?

Nascido em 1969, na Índia, ele estudou na escola pública Hyderabad, conquistou o diploma de bacharel em Engenharia em Eletrônica e Comunicação pelo Instituto de Tecnologia de Manipal, alcançou o grau de master em Ciência da Computação pela Universidade de Wisconsin-Milwaukee e fez um mestrado em Administração de Empresas pela Universidade de Chicago.

Antes de ingressar na Microsoft, Nadella trabalhou na Sun, em 1992.

Lá, ele foi contratado como gerente de programa do grupo de Relações com Desenvolvedores do Windows e de forma muito rápida conquistou o posto de vice-presidente sênior de Pesquisa e Desenvolvimento da divisão de serviços on-line.

Em seguida, o engenheiro indiano assumiu a vice-presidência do grupo MBS (Microsoft Business Solutions) e depois a vice-presidência da área de serviços e ferramentas de negócios.

Durante toda a sua ascensão, Nadella chegou atuar em desenvolvimento de produtos de CRM e em outros serviços para empresas, como o Microsoft Dynamics ERP e o Microsoft Office Small Business.

Antes da nomeação, ele trabalhou como chefe de computação em nuvem da empresa, até finalmente conquistar um dos cargos mais almejados do mundo: o de presidente executivo da Microsoft.

A oportunidade surgiu porque Nadella foi considerado peça-chave no ingresso da companhia em tecnologias avançadas, como a televisão interativa e o gerenciamento de direitos digitais (DRM).

Mas não foi só o seu conhecimento técnico que contou na decisão, mas também o envolvimento que tinha com a cultura da organização e a maneira como lidava com concorrentes, habilidades essenciais para levar a companhia ao patamar em que está atualmente.

Leia este artigo Conheça a Camila Farani, o destaque de Shark Tank Brasil e uma das maiores empreendedoras e investidoras do país

O melhor CEO dos Estados Unidos em 2018

Sim, o Microsoft President foi eleito, em 2018, o melhor CEO dos Estados Unidos.

A votação foi realizada pela Comparably, especializada em cultura e carreira corporativa.

O resultado considerou as notas dadas por funcionários e executivos das empresas e o vencedor foi o que teve a melhor média geral.

De acordo com Jason Nazar, CEO e cofundador da Comparably, milhares de colaboradores participaram da votação e todos deram altas notas a Nadella, que é conhecido como alguém que lida de maneira justa com as dificuldades da empresa e que compartilha bons resultados.

“A Microsoft não era a queridinha do mundo da tecnologia há três anos, mas agora eles estão no noticiário por ser a empresa mais valiosa do mundo. Eu acho que a equipe está muito animada com o que ele fez para construir esse negócio” disse Nazar.

Foram mais de 10 milhões de avaliações realizadas por mais de 50 mil empresas americanas com mais de 500 funcionários cada em seus quadros de pessoal.

Para você ter uma ideia da popularidade de Nadella, Mark Zuckerberg, do Facebook, conquistou apenas a posição 33 do ranking, Reed Hastings, da Netflix, a 32, Elon Musk a 19 e Tim Cook, da Apple, a 12.

Como Satya Nadella vem atuando na Microsoft?

O foco de Satya Nadella é em reposicionar a Microsoft como relevante e moderna.

E nós sabemos que os seus concorrentes estavam anos luz à frente.

Sim, empresas como Facebook, Google e Apple vinham atuando com tecnologias disruptivas já há bastante tempo, enquanto a de Bill Gates perdia espaço como uma marca da geração passada.

Para piorar, disputas internas e a arrogância da organização prejudicaram bastante a sua imagem no mercado.

Nem preciso dizer que foi justamente para mudar esse cenário que Nadella foi o escolhido para o posto.

E ele fez jus à expectativa.

A estratégia do indiano foi trazer de volta a motivação e o propósito que fizeram com que a empresa fosse bem sucedida no passado, além da cultura que fez com que conquistasse o sucesso na época.

Mas o grande motivador para reiniciar a identidade da Microsoft foi a perda de bilhões de dólares em esforços fracassados ao tentar se recuperar do desastre de ser engolida pelos concorrentes.

E as mudanças estão sendo percebidas aos poucos.

Entre elas estão a possibilidade de utilização dos aplicativos Office no iPad e do Microsoft Visual Studio no Mac, e a compra do GitHub, um repositório de códigos abertos de programação.

Além disso, a equipe tem trabalhado em um recurso que possibilitaria que o Xbox guiasse pessoas em exercícios de fisioterapia e também em uma tecnologia de leitura para portadores de dislexia por meio do aplicativo OneNote.

Nadella tem atuado ainda em criar um ambiente mais apoiador e empático aos funcionários e na representatividade e inclusão.

Mas voltando aos produtos, a ideia é transformá-los em uma espécie de “estrutura” para as vidas das pessoas.

Segundo ele, “você se junta a este lugar não para ser legal, mas para fazer isso aos outros… é o resultado que importa”.

Não é à toa que Satya Nadella se tornou o melhor CEO dos Estados Unidos.

Talvez ele seja o maior do mundo, quem sabe?

Leia também os artigos abaixo


Presleyson Lima
Presleyson Lima
Ajudo empreendedores e intraempreendedores obterem resultados em seu negócio através da segurança da informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *