O socio
O Sócio: Conheça o reality show mais rentável do mundo
16 de dezembro de 2018
Abrir empresa
Negócios 2019: O que montar?
30 de dezembro de 2018

Saiba mais sobre o livro Empreendedorismo para subversivos

Empreendedorismo para subversivos

Read this article in English

Empreendedorismo para Subversivos é um dos livros mais realistas do mercado.

Isso porque o autor, Facundo Guerra, conta a sua história com toda a sinceridade, humor e naturalidade possíveis.

Nascido na Argentina devido à fuga do pai e do avô do militarismo no Brasil, ele retornou para cá aos quatro anos e teve uma educação totalmente voltada ao emprego tradicional.

Na verdade, a palavra empreendedorismo gerava até um certo pânico no jovem garoto.

Mas tudo mudou quando percebeu que o ambiente corporativo era algo pesado e nada prazeroso.

Considerado um dos um dos 100 empreendedores mais influentes do mundo, Facundo Guerra conquistou a noite paulistana com negócios que fizeram a alegria da classe média alta.

E ele garantiu um espaço realmente diferenciado nesse mercado.

Cômico e ao mesmo tempo emocionante, Empreendedorismo para Subversivos é uma ótima oportunidade de você conhecer essa bela história de sucesso e superação.

E nesse artigo, eu dou um gostinho do que você vai encontrar no livro.

Confira!

Sobre o livro Empreendedorismo para subversivos

No livro Empreendedorismo para Subversivos, o autor, Facundo Guerra, conta a sua trajetória profissional em empresas de grande porte de uma forma cômica e divertida.

Bom, se esses ambientes não eram lá as melhores coisas do mundo, nada mais interessante do que um pouco de humor para ilustrar o contexto.

Devido a essa frustração, Facundo tomou uma decisão que provavelmente seria inevitável na sua vida: A de largar tudo para ter o próprio negócio. 

Considerado o grande empresário da noite paulistana, ele fala sobre a primeira casa noturna que abriu e também sobre os demais negócios nesse mesmo nicho, sempre dando ênfase aos acertos e aos erros cometidos. 

Ao todo foram quatro boates, duas casas de shows, quatro bares, além de alguns centros culturais voltados à classe média alta da cidade de São Paulo.

Aliás, é justamente esse o seu público: Pessoas de elevado poder aquisitivo, que enxergam valor em produtos e serviços de qualidade, ao ponto de pagarem a mais por eles.

Mas o livro é também um verdadeiro guia repleto de dicas para quem sonha em ter uma empresa de sucesso.

Entre elas você encontra:

1 – Tenha um propósito 

Vá atrás de um legado, mas que seja algo além do dinheiro.

2 – Não use a falta de dinheiro como desculpa

Se você tem uma ideia promissora, não use a falta de dinheiro como desculpa para não lançá-la no mercado.

Se ela é boa, então o seu negócio provavelmente dará certo.

É claro que o dinheiro ajuda, mas em uma época em que nos deparamos com diversas oportunidades, como o financiamento coletivo, é essencial que considere as possibilidades antes de desistir.

Leia este artigo Capital C mostra projetos que se beneficiaram com o financiamento coletivo

3 – Venda uma visão de mundo

Esqueça o produto.

Ele precisa sim ser funcional e resolver um problema, mas o seu foco deve ser na venda de uma visão de mundo.

É assim que mostra valor para o cliente.

4 – Cuidado ao escolher sócios e colaboradores

Escolha sócios e colaboradores que te complementem e que tenham a mesma visão de mundo que você.

Confie nessas pessoas e trate-as como gostaria de ser tratado.

Sobre o autor, Facundo Guerra

Facundo Guerra, autor do livro Empreendedorismo para Subversivos, está longe de ser um empresário comum.

Para você ter uma ideia, ele foi eleito, em 2016, um dos 100 empreendedores mais influentes do mundo pela revista americana Good Magazine.

Engenheiro de alimentos, jornalista internacional e político, mestre e doutor em Ciência Política pela PUC-SP, foi em 2005 que Facundo resolveu mudar a sua história.

Entre os negócios abertos, estão a Vegas, o Z Carniceria, o VOLT, o Lions Nightclub, o Club Yacht, o Cine Joia, o Riviera, o PanAm, o Frank Bar e o Mirante 9 de Julho

Devido ao sucesso desses estabelecimentos, o empresário chegou a receber o prêmio de cidadão São Paulo pelo Catraca Livre em 2015.

Nascido na Argentina, porque o pai e o avô decidiram se refugiar do regime militar brasileiro, ele veio para o Brasil com quatro anos de idade.

E por mais que não tenha sentido na pele os horrores do período, a sua vida for marcada pelo sofrimento com as histórias de tortura que os familiares passaram. 

Quanto ao empreendedorismo, ele nem fazia parte da sua realidade.

Quando alguém dizia para ter o seu próprio negócio, Facundo chegava a entrava em pânico.

A sua infância também for marcada por uma situação financeira pouco privilegiada.

O pai dizia que não deixaria heranças e riquezas, mas sim estudos. É o que podia proporcionar.

Tanto que Facundo estudou em colégios particulares, sempre com meia bolsa.

Quem diria que tudo mudaria.

A sua frustração como empregado era tão grande, que aquilo que lhe causava receio (o empreendedorismo) se tornou a solução para os seus problemas e depois um propósito de vida.

E nem preciso mencionar a questão da herança.

Acho que o empresário não precisa mais dela…

Empreendedorismo para Subversivos é, com certeza, um livro muito interessante para os novos empreendedores e para aqueles, que sem sucesso, têm tentado fazer os seus negócios darem certo.

Vale a leitura!

Leia também os artigos abaixo

Presleyson Lima
Presleyson Lima
Ajudo empreendedores e intraempreendedores obterem resultados em seu negócio através da segurança da informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *