Ideias de negócios para 2020: quais as opções mais rentáveis?
1 de março de 2020
7 dicas para blindar seu negócio e sobreviver ao Coronavírus
21 de abril de 2020

Impactos do coronavírus no empreendedorismo: veja o que fazer para minimizá-los

Hoje eu quero falar sobre os impactos do coronavírus no empreendedorismo, mas quero também mostrar que existem algumas estratégias que você pode adotar para evitar perdas e danos maiores no seu faturamento.

Em outras palavras, a dica é que evite olhar apenas o lado ruim da situação e procure encontrar oportunidades de fazer com que a sua empresa continue sendo percebida pelo público.

É possível, por exemplo, realizar o trabalho no home office, apostar no delivery e avaliar a alternativa de oferecer serviços na versão virtual.

Mas atenção: isso não quer dizer que não haverá repercussão negativa, mas sim que é preciso pensar em ações que ajudem as pessoas e que evitarão que o seu negócio tenha grande prejuízo.

Nesse texto você vai saber um pouco mais sobre os impactos do coronavírus no empreendedorismo e também algumas orientações de como minimizá-los.

Então vamos lá!

Quais os impactos do coronavírus no empreendedorismo, afinal?

De fato, os impactos do coronavírus no empreendedorismo são bastante altos.

Com o aumento de casos crescendo no Brasil – 4.256 no dia 29 de março de 2020, segundo dados das Secretarias Estaduais de Saúde apresentados pelo G1 – a rotina na vida das pessoas não tinha como não mudar.

Para piorar, a bolsa de valores chegou a ter queda histórica há alguns dias e o dólar opera em queda de 1,34% (R$ 4,9936), também de acordo com o G1.

Isso sem contar a nossa terrível rotina.

Mal saímos de casa, pouco nos relacionamos e, claro, praticamente não estamos consumindo produtos e serviços com medo da nova pandemia.

E essa é justamente a orientação: ficarmos reclusos e sair o mínimo possível até que se tenha um controle maior da doença.

Mas e você, que é empresário e já está sentindo (ou está prestes a sentir) os impactos do coronavírus no empreendedorismo e no seu negócio? O que fazer?

No próximo tópico você vai conhecer algumas alternativas.

O que fazer para minimizar os impactos do coronavírus no empreendedorismo?

Agora você vai conhecer algumas dicas sobre o que fazer para minimizar os impactos do coronavírus no empreendedorismo, mais especificamente no seu negócio, claro!

1 – Aposte no trabalho remoto

Entrar em pânico diante dos impactos do coronavírus no empreendedorismo ou até na possibilidade da doença atingir você, a sua família e os seus funcionários não vai te ajudar muito.

É preciso seguir com as orientações relacionadas às medidas de prevenção, mas é essencial também pensar na sobrevivência do seu negócio.

Uma das alternativas é colocar a equipe para fazer trabalho remoto (e isso inclui você e os líderes também).

Mas é preciso ter um certo cuidado com essa distância, pois ela pode levá-los ao desânimo e à perda de foco.

Para resolver, faça reuniões diárias por Cisco Webex como forma de alinhamento de ações e estratégias.

Assim os funcionários se mantêm motivados e focados.

Mas é importante que esses encontros virtuais se concentrem nos assuntos essenciais para o negócio.

Afinal, como seres humanos temos a tendência a olhar mais para as coisas ruins do que para as boas, e essa perda de eixo é o que pode colocar tudo a perder.

2 – Use o delivery

Independentemente do seu negócio, os impactos do coronavírus no empreendedorismo poderão ser bastante minimizados se encontrar alternativas de continuar atendendo o seu público.

Uma delas, dependendo do produto, é a entrega por meio do conhecido delivery.

Pois é, em tempos de quarentena, em que ninguém mais sai de casa, a opção de levar o seu negócio até a casa do cliente é realmente uma excelente forma de faturar.

Caso você já utilize o delivery, intensifique a atuação e divulgue essa intensificação ao seu público.

Caso ainda não utilize, passe a aderir à estratégia.

Os clientes agradecem e a saúde da sua empresa também.

3 – Vá para o online

Se a sua empresa atua com aulas, consultorias, terapias ou qualquer outro mercado que seja possível realizar os atendimentos de forma online, não pense duas vezes em aderir à opção.

Assim o seu negócio não para e você também tem a chance de continuar ajudando pessoas que dependem de você. E, quem sabe, até tem a possibilidade de aumentar a clientela.

Portanto, aposte em marketiing no Google e nas redes sociais e tente atrair ainda mais pessoas.

De fato, os impactos do coronavírus no empreendedorismo são inevitáveis e todos estamos sentindo esses efeitos.

Ainda assim existem alternativas para evitar a perda grande de faturamento.

Pense nisso!

Presleyson Lima
Presleyson Lima
Ajudo empreendedores e intraempreendedores obterem resultados em seu negócio através da segurança da informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *