Como se reinventar na crise: conheça histórias de sucesso
4 de julho de 2020

Silvio Santos: de camelô a um dos empresários de maior sucesso

Silvio Santos começou a sua vida como empresário aos 14 anos, trabalhando com o seu irmão mais novo como camelô nas ruas do Rio de Janeiro.

Mas ele nunca deixou uma oportunidade passar.

Não, não foi o dinheiro, mas sim a sua vontade de fazer acontecer que o levou a assumir a empresa do amigo, Baú da Felicidade, e fundar diversos outros negócios de sucesso ao longo dos anos.

Quer conhecer a bela história do bilionário Silvio Santos?

Então continue por aqui e leia esse texto até o final!

A trajetória de Silvio Santos

Você sabia que Silvio Santos foi camelô?

Isso mesmo!

Nascido em dezembro de 1930 no Rio de Janeiro, Senor Abravanel, seu nome de batismo, era filho de dois imigrantes judeus nascidos no antigo Império Otomano.

Seu pai era de uma região que atualmente pertence à Grécia e sua mãe de uma cidade que fica hoje na Turquia.

Eles tiveram 6 filhos, mas Silvio era bastante próximo do irmão mais novo, Leon.

Tudo começou quando o empresário, aos 14 anos, se inspirou em um homem que vendia capinhas para títulos de eleitor na rua.

Ele fez exatamente o mesmo o iniciou a empreitada como camelô junto com Leon.

Ao usar a sua chamativa voz para atrair pessoas para a compra do seu produto, Silvio acabou sendo convidado para fazer um teste na rádio Guanabara.

Apesar de ter passado em primeiro lugar, desbancando inclusive o comediante Chico Anysio, ele logo voltou a trabalhar como ambulante, já que esse trabalho lhe dava mais dinheiro do que o outro.

Silvio acabou deixando a empreitada de lado aos 18 anos, ao ser convocado para o Exército, afinal, ela era incompatível com a sua atividade como militar.

Ele então voltou a trabalhar como locutor em uma rádio do Rio de Janeiro.

Com sangue empreendedor, aos 20 anos o empresário montou um serviço de alto-falantes na barca que pegava todos os dias para cruzar a Baía de Guanabara ao ir trabalhar.

Basicamente ele fazia propagandas de alguns produtos entre uma música e outra.

Essa sacada deu tão certo, que algumas barcas passaram a incluir um bar e um bingo para animar os passageiros.

Silvio ainda deu a ideia de fornecer uma cartela de bingo ao consumidor quando ele comprava uma bebida.

Nada mal!

Aos 20 anos o empresário decidiu morar em São Paulo e lá apresentar sorteios e espetáculos em caravanas de artistas.

Nesta época ele chegou até a se formar como técnico em contabilidade, mas decidiu seguir como locutor na Rádio Nacional de São Paulo.

Para incrementar a renda, Silvio criou a revista “Brincadeiras para Você”, com passatempos, palavras cruzadas e até charadas.

Ele próprio a vendia nos comércios da cidade.

Mas o fato que o tornaria bilionário ainda estava por vir.

Em 1958, o amigo e radialista Manoel da Nóbrega estava com dificuldades para administrar sua empresa Baú da Felicidade, um sistema de carnês em que o cliente pagava as prestações de brinquedos ao longo do ano e recebia os produtos no Natal.

Nóbrega havia vendido vários carnês, mas estava com dificuldade para entregar as mercadorias, então pediu a ajuda de Silvio para resolver a situação.

Só que o empresário foi além e simplesmente assumiu o controle total do negócio, que em 1962 se tornou o enorme Grupo Silvio Santos.

O que ele fez de tão especial?

Manteve o sistema de crediário, mas criou lojas em que as pessoas poderiam trocar os carnês quitados por brinquedos e eletrodomésticos.

Mais do que isso, em 1961 Silvio estreou seu primeiro programa na TV, chamado “Vamos Brincar de Forca” (atualmente “Programa Silvio Santos”), que inteligentemente contava com a propaganda do Baú da Felicidade.

Com o tempo o Baú passou a distribuir mais uma série de produtos além dos brinquedos e eletrodomésticos, inclusive carros e casas.

Entre 1965 e 1975, Silvio ainda fundou e comprou mais de dez negócios, como a Baú Construtora, a Marca Filmes e a concessionária Vimave.

Em 1969 ele criou a Baú Financeira, que mais de 20 anos depois se tornaria o Banco PanAmericano, e em 1975 a Liderança Capitalização, que em 1991 passou a comercializar a TeleSena.

Já o sonho de ter a sua própria emissora de TV aconteceu em 1975, com a TVS.

O investimento inicial foi de US$ 10 milhões!!!

O SBT surgiu em 1981, quando Silvio ganhou a concessão de mais 4 canais.

E não parou por aí!

Em 2006 ele fundou a Jequiti Cosméticos e em 2007 o hotel Sofitel Jequitimar Guarujá.

Mas como nem tudo são flores, o momento conturbado aconteceu em 2010, com um rombo de R$ 4,3 bilhões no Banco PanAmericano, levando o empresário a cogitar vender todas as suas empresas e morar nos Estados Unidos.

Mas esse tipo de postura não fazia parte desse grande empreendedor, certo?

O que ele fez?

Empenhou várias delas para quitar a dívida e apostou toda a sua energia na Jequiti, que vem crescendo 20% ao ano, o dobro da taxa do setor de cosméticos.

Depois de 4 anos de crise, o Grupo Silvio Santos segue firme, chegando a faturar US$ 5,9 bilhões em 2013 e lucrar US$ 800 mil.

Silvio Santos tem muito a nos ensinar

Vamos ver o que podemos aprender com Silvio Santos?

1 – Você pode começar do zero

Silvio Santos era um mero camelô, mas tinha uma visão diferenciada para os negócios.

Foi essa visão unida à sua vontade de fazer que o levaram a colocar em prática as melhores ideias de negócios.

Bastou, por exemplo, o amigo Manoel da Nóbrega pedir a sua ajuda para ele simplesmente assumir todo o negócio e torná-lo um verdadeiro império.

2 – Não tenha medo

Se você se sente como Silvio Santos: praticamente um empreendedor nato, não deixe o seu sonho de lado.

Coloque a sua ideia em prática, sem medo de ser feliz.

Você acha que ele sabia onde ia chegar?

Certamente não, mas o fato é que não deixou o tempo passar quando as oportunidades surgiram.

Silvio foi em frente por várias vezes e fez acontecer.

3 – Inove

Faça o que ninguém está fazendo.

Tenha foco, persistência, resiliência e planejamento, mas pense em algo realmente promissor.

Foi isso que fez a diferença na vida de Silvio Santos e pode fazer na sua também! Silvio Santos é um dos empresários mais bem sucedidos do Brasil e certamente tem muito a nos ensinar com a sua trajetória de sucesso

Presleyson Lima
Presleyson Lima
Ajudo empreendedores e intraempreendedores obterem resultados em seu negócio através da segurança da informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *