Conheça Gustavo Caetano, o empreendedor que transformou a inovação no Brasil
2 de fevereiro de 2020
Alberto Saraiva, e a sua infalível sacada de criar um produto “chamariz.”
16 de fevereiro de 2020

Expectativas para o empreendedorismo 2020

Quais são as expectativas para o empreendedorismo 2020?

Se você pensa em montar um negócio ou então já está caminhando com o seu projeto, mas quer saber quais são as perspectivas para que possa se planejar, é só ficar de olho nesse artigo.

E eu já vou adiantar a resposta logo de cara: o cenário é bastante otimista considerando a retomada da economia.

Isso mesmo!

O país deve agora retornar ao caminho de crescimento de forma gradual e sustentável depois de uma recessão verdadeiramente histórica.

Nesse texto você vai entender mais sobre as expectativas para o empreendedorismo 2020, ao ponto de se sentir seguro para iniciar um negócio esse ano ou até para continuar conduzindo o atual.

Então vamos lá!

Como saber se as expectativas para o empreendedorismo 2020 são positivas?

Antes de falar das expectativas empreendedorismo 2020 é importante revermos os cenários dos últimos anos.

De acordo com o relatório Crescimento da Economia Brasileira 2018-1023 do BNDES, 2015 e 2016 foram anos de verdadeira recessão no país, com queda de 3,5%.

Já em 2017 o contexto foi interrompido quando o PIB foi elevado em 1%, iniciando assim um interessante crescimento.

Em 2018 esse nível foi praticamente mantido com 1,1%.

Em 2020, porém, a previsão de crescimento é de 2,32% segundo o Boletim MacroFiscal do SPE.

Além do boletim, alguns dados como diminuição do risco do país, juros mais baixos da história, aumento do crédito, redução da inflação e confiança do empresário mostram um contexto bastante otimista para esse ano.

Isso sem contar a Nova Previdência (PEC 6/2019) e a Medida Provisória da Liberdade Econômica (Lei 13.874/2019).

Essas estratégias abrem portas para o aumento da produtividade e para o crescimento sustentável no Brasil, que devem acontecer de forma gradual e lenta nos próximos anos.

Portanto, apesar do contexto otimista, não podemos esperar grandes saltos nos indicadores.

É preciso também considerar o cenário internacional, que reflete por aqui as suas incertezas geopolíticas e econômicas.

O que deve acontecer com o empreendedorismo 2020?

Para entender o que vai acontecer com o empreendedorismo 2020, é importante considerarmos dados estatísticos.

Segundo o relatório do World Bank Group, chamado Doing Business, que classifica os países conforme as suas regulamentações para os negócios em 10 critérios, esse ano o Brasil caiu para a posição 124 no ranking geral entre 190 países.

Em 2019 ele estava na posição 109.

Porém, a nossa nota aumentou de 58,6 para 59,1 graças à melhoria no critério sobre o Registro de Propriedades com o início dos pagamentos online em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Outra melhoria está na facilidade da Abertura de Empresas, que cresceu um ponto percentual.

O critério Resolução de Insolvência de empresas também avançou com 1,9 pontos.

Sim, o relatório mostra que ainda estamos diante de muita burocracia, mas isso não significa que o país não tem avançado no empreendedorismo.

Segundo o Brazil Digital Report, da McKinsey, 39% dos brasileiros possuem um negócio próprio (quase a metade).

Fora isso, já existem 12 mil startups no país, responsáveis por garantir a criação de 30 mil empregos e a geração de 1 bilhão de dólares em investimentos em 2018.

Para melhorar, 8 delas já conquistaram o posto de unicórnio, que são as startups avaliavas em mais de 1 bilhão de dólares.

Sabe o que tudo isso significa?

Que a burocracia não importa tanto assim em um país repleto de pessoas que aspiram pelo empreendedorismo, certo?

No final das contas não serão meras barreiras legais que farão com que elas desistam de colocar em prática os seus sonhos!!!

Pois é, as expectativas para o empreendedorismo 2020 são muito otimistas.

Isso mostra que você já pode tirar a sua ideia do papel, seja ela um novo negócio, produto ou solução.

Presleyson Lima
Presleyson Lima
Ajudo empreendedores e intraempreendedores obterem resultados em seu negócio através da segurança da informação.

1 Comentário

  1. Manu Marques disse:

    Realmente o empreendedorismo digital é uma tendência. Precisamos sempre nos atualizar e aprender como empreender na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *